19, maio 2020

Blog de Assis

A Câmara de Jandaíra realizou na última segunda (11), sessão extraordinária. Na pauta, os parlamentares discutiram, votaram e aprovaram a antecipação da devolução do saldo do duodécimo recebido já neste ano de 2020, ao Poder Executivo.

A medida tomada pelo presidente Ricardo Paulino e que contou com a compreensão dos demais vereadores, tem como objetivo ajudar o município de Jandaíra nas ações de prevenção e enfrentamento a pandemia do Covid-19.

“O Legislativo é parceiro do Poder Executivo e na crise que enfrentamos na saúde pública devido o Coronavírus, não poderíamos deixar de tomar medidas junto a Prefeitura para que haja a prevenção a esse maldito vírus que assola o mundo. Precisamos proteger a população jandairense”, ressaltou o presidente.

O projeto de resolução foi aprovado por todos os edis presentes na sessão.

19, maio 2020

Confederação Nacional dos Municípios apoia veto governo federal a reajuste para servidores

Em ofício enviado ao presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) manifestou apoio ao veto à permissão para reajustes no funcionalismo, incluída pelo Congresso no projeto de socorro a estados e prefeituras. No documento, a entidade afirma que qualquer aumento na despesa com pessoal seria impossível durante a pandemia de coronavírus.

No documento, a CNM, que representa cerca de 5 mil cidades do país, afirma que reajustar salários é incompatível com a crise. “Entes não tem como arcar com a concessão de vantagens pecuniárias a quem quer que seja, apresentam seu apoio à declarada intenção de veto pelo Presidente da República dos citados dispositivos”, afirma o presidente da entidade, Glademir Aroldi.

O congelamento de salários foi proposto pela equipe econômica como contrapartida a um socorro de R$ 125 bilhões a estados e municípios. A medida, no entanto, foi desidratada por parlamentares, que abriram brechas para que várias categorias do funcionalismo não fossem atingidos pela proibição de aumento salarial.

A pedido do ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro anunciou que vetaria o trecho que permite os reajustes. O presidente, no entanto, ainda não formalizou a decisão e espera mais apoio público à medida, para mitigar o ônus político de assinar a medida.

(mais…)

19, maio 2020

Dois médicos que atendem em cidades da região do Seridó estão com Covid-19

Um médico que atende no Centro de Atenção Psicossocial – CAPS – em Caicó (RN) e uma médica de Parelhas (RN) testaram positivo para Covid-19.

A médica é a ginecologista Elvira Maísa Barbalho Azevedo. Ela fez questão de fazer a declaração nas suas Redes Sociais. Que é o certo! Está em isolamento com sintomas leves.

Já a identificação do médico não foi revelada. Ele não reside em Caicó onde atendeu na semana passada. Quem manteve contato com ambos devem se prevenir.

(mais…)

19, maio 2020

Uber demite mais 3 mil funcionários em segundo corte este mês

Uber demite mais 3 mil funcionários em segundo corte este mês ...

A Uber cortará cerca de 3 mil empregos em todo o mundo, além de outros 3.700 postos anunciados no início deste mês, disse o presidente-executivo, Dara Khosrowshahi, em e-mail para funcionários nesta segunda-feira (18), segundo a agência Reuters. “Para aqueles de vocês pessoalmente impactados, eu realmente sinto muito. Eu sei que isso vai causar dor para vocês e seus familiares, especialmente agora”, disse Khosrowshahi, em uma cópia do e-mail divulgada pelo site Business Insider.

A empresa não esclareceu como os cortes serão feitos ao redor do mundo e se eles impactam as operações no Brasil. As restrições de movimentação causadas pelo coronavírus tem causado diminuição na demanda por serviços de transporte por aplicativo.

A receita da área de transporte por aplicativo, responsável pela maior parte do faturamento da empresa, subiu 2% sobre o primeiro trimestre de 2019, mas caiu mais de 18% na comparação com o trimestre imediatamente anterior — refletindo a menor demanda por corridas durante a pandemia.

(mais…)

19, maio 2020

Pandemia afunda setor produtivo potiguar e eleva o desemprego

Como tirar a Carteira de Trabalho durante a Pandemia?

Depois de registrar o maior aumento em dez anos no número de empresas abertas em 2019, o Rio Grande do Norte teve queda de 55% nos pedidos de abertura e já sente os primeiros impactos econômicos da crise sanitária causada pela Covid-19, segundo a Junta Comercial do estado (Jucern). Em abril de 2019 foram 640 pedidos, enquanto o mesmo período de 2020 registrou 285. Já no mês de março, quando a pandemia chegou ao Rio Grande do Norte, a queda foi menor: 580 em 2019, e 527 neste ano.

O presidente da Jucern, Carlos Augusto Maia, destaca que o Estado “vem de um período de recuperação e que agora está sendo afetado pelo momento atípico que vivemos” e reforça que “a Jucern está se adaptando ao momento de isolamento social, priorizando os serviços digitais e a desburocratização de procedimentos para apoiar o nosso empreendedor”.

O Rio Grande do Norte teve queda também nos pedidos de fechamento de empresas, mas Natal, Mossoró e Parnamirim foram à contramão do resultado estadual e apresentaram crescimento.

(mais…)