MÁRCIO NUNES visita instalações do Centro de Artesanato em Lajes

MÁRCIO NUNES visita instalações do Centro de Artesanato em Lajes

Inaugurado em dezembro, o Centro Municipal de Artesanato recebeu a visita do vice-prefeito de Lajes, Márcio Nunes (PMDB), que desde o dia 1º de janeiro vem dando todo o apoio e sustentação na base do governo no auxilio ao prefeito Marcão.
Durante a tarde desta quarta-feira, 08, o vice-prefeito esteve visitando o empresário Raimundo Salviano que administra o balneário, estrutura anexa ao centro de artesanato e visitou as artesãs presentes no local já em suas atividades de produção e venda.
Durante a visita, Márcio ouviu atentamente alguns demandas das artesãs para melhorar a estrutura e encontrar caminhos para estimular a visita de lajenses e viajantes que passam diariamente na BR 304, viabilizando assim a possibilidade de venda dos produtos disponíveis nos quiosques.
A principal reivindicação das artesãs é a comunicação, muito necessária para divulgar todo Centro de Artesanato. Entre as solicitações, estão: Um carro de som para mídia nas ruas da cidade, um folder (pequeno cartaz) com imagens e textos mostrando os produtos, dois Outdoor na margem da BR 304, além de mídias nas redes sociais.
O vice-prefeito Márcio disponibilizou de imediato a estrutura de carro de som e a produção do material de mídia com cartaz, além de buscar junto ao prefeito Marcão o atendimento de todas as solicitações das artesãs, após reunião que realizará com o prefeito.
“Vamos trabalhar diariamente com o gabinete do vice-prefeito buscando sempre atender as solicitações da comunidade, principalmente no sentido de ações coletivas que possam contribuir com o desenvolvimento das famílias lajenses. Esse é o compromisso assumido pelo nosso prefeito Marcão e por mim quando recebemos a confiança da comunidade no dia 2 de outubro de 2016”, disse Márcio a nossa reportagem.
O vice-prefeito Márcio Nunes ainda realizou visitas nos bairros Antônio de Melo, Nova Esperança e Cohab durante todo o dia, além de uma agenda de trabalhos no Palácio Alzira Soriano.
Robson Cabugi